Bepantol® Mamy reforça a importância da alimentação saudável durante a gravidez

Marca dá dicas para as gestantes se manterem saudáveis e bem-dispostas

Foto divulgação
Foto divulgação

É comprovado: para muitas pessoas a hora da refeição é um dos momentos mais gostosos do dia. Além de ser uma ocasião para relaxar e conversar com família ou amigos, comer faz bem para o corpo e a mente, favorecendo a saúde. Porém, muitas mamães acreditam que, durante a gestação, precisam se alimentar por dois, um grande mito que acaba sendo prejudicial para a gestação e o bebê.

“É normal sentir mais fome e desejo de algumas coisas, mas é preciso tomar cuidado com a alimentação durante a gravidez. O ideal é manter uma dieta equilibrada, evitando gordura em excesso, tomar bastante líquido, água de preferência, e comer pequenas quantidades a cada três horas”, afirma Juliana Machado, gerente médica da Bayer.

De acordo com a médica, durante a gravidez não é recomendável fazer dietas muito radicais. Por outro lado, também é preciso evitar comer de forma exagerada ou compulsiva. O ganho de peso adequado no primeiro trimestre da gravidez é de um a dois quilos. A partir dessa fase, é normal um adicional de 1,5 a 2 quilos por mês, de modo que se chegue ao fim da gestação com 7 a 15 quilos a mais que o peso anterior.

A dieta balanceada precisar ser composta por todos os grupos alimentares. Para isso, o segredo está na escolha dos nutrientes, que devem ser consumidos adequadamente em cada fase da gravidez para garantir o bem estar da mãe e do bebê.

ALIMENTOS ESSENCIAIS

Carboidratos – Fornecem energia ao organismo e são importantes para o desenvolvimento do bebê e bem-estar da mulher, pois amenizam a sensação de indisposição, comum durante a gestação.

Fósforo – É importante na formação dos brotos dentários e do esqueleto do feto. Suas principais fontes são carnes magras e laticínios.

Proteínas – Responsáveis por construir, manter e renovar os tecidos da mãe e do bebê. São encontradas em carnes, feijões, leite e derivados.

Vitamina D – É fundamental para a fixação do cálcio nos ossos. Pode ser encontrada no leite enriquecido, na manteiga, nos ovos e no fígado.

Lipídeos (gorduras) – Promovem o aporte de vitaminas lipossolúveis e contêm ácidos graxos essenciais para a formação do sistema nervoso central do feto. São obtidos de carnes, leite e derivados, abacate, azeite e salmão, entre outros.

O QUE EVITAR

Bebidas alcoólicas, frituras, gorduras e carnes cruas.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s