Francisco: O Santo de Assis na Origem dos Movimentos Franciscanos

Francisco

A história de Francisco de Assis representa um dos pontos chave de todos os acontecimentos dos dois mil anos de história do cristianismo. Tal vitalidade tampouco se esgota na sua – sempre exemplar – biografia, uma vez que sua extraordinária trajetória de vida se funde profundamente com os eventos históricos da ordem que ele fundou, a qual, em poucas décadas, tornou-se a mais numerosa e animada de toda a cristandade ocidental. Com efeito, o nexo entre a sua original proposta cristã e os rumos perseguidos pela ordem a que deu origem colocam muitos problemas. Surgem ainda várias questões ao se analisar as características e perspectivas reais da experiência religiosa de Francisco e seus primeiros companheiros, confrontando-as com os termos em que foram diversas vezes traduzidas e transmitidas na prática e na memória histórica da Igreja nos séculos subsequentes.

Não por acaso, a figura de Francisco, canonizado poucos anos depois de sua morte, virou referência para uma extraordinária variedade de movimentos e possibilidades, com frequência em evidente contradição com o que propõem e sugerem seus próprios escritos. Está nesse labirinto de problemas o aspecto central da longa e ainda muito atual “questão franciscana”, ainda mais intrigante depois da escolha recente do cardeal Bergoglio de, como bispo de Roma, pela primeira vez adotar o nome de Francisco: porque ao Francisco histórico, que facilmente pode ser conhecido nos seus aspectos básicos, somam-se e adicionam- se os tantos Franciscos que a tradição construiu e que continuam a propor múltiplos modelos diferentes de experiência religiosa.

Sobre o autor: Giovanni Miccoli, nascido em Trieste em 1933, estudou na Scuola Normale Superiore da Universidade de Pisa, onde foi aluno de Ottorino Bertolini, Delio Cantimori e Arsenio Frugoni. Por mais de quarenta anos ensinou história medieval e história da Igreja, primeiro em Pisa, depois em Trieste, em Veneza e, novamente, em Trieste. No âmbito medieval, ocupou-se, sobretudo da reforma gregoriana e das origens franciscanas; na esfera contemporânea, de antissemitismo católico, do Vaticano, guerra e Shoah, bem como dos posicionamentos do papado depois do Concílio do Vaticano II. O livro Una storiografia inattuale? Giovanni Miccoli e la funzione civile della ricerca storica, de G. Battelli e D. Menozzi (Viella, 2005), foi dedicado à sua obra.

 Ficha Técnica:

Título: Francisco: O Santo de Assis na Origem dos Movimentos Franciscanos

Autor: Giovanni Miccoli

Tradução: Sérgio Maduro

 Editora: Martins Fontes – Selo Martins

Ano de Publicação: 2015 /  Páginas: 316  /  Valor: R$ 49,00

Link para o site: http://www.livrariamartinseditora.com.br/francisco-o-santo-de-assis-na-origem-dos-movimentos-franciscanos-p24173

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s